Você está aqui: Capa > Ensinamentos > Despertar nossa capacidade de Amar
Despertar nossa capacidade de Amar

Despertar nossa capacidade de Amar

YOGA DO AMOR

Conferência no Centro Cultural da Índia em São Paulo, 25 de março de 2016.

13063467_1102653806468619_122672321917044596_o

Passamos muitos nascimentos tentando encontrar satisfação, mas quando nossa consciência se expande, não ficamos mais satisfeitos. Como uma criança quando já não se satisfaz com seus brinquedos quando cresce. uma situação temporária não é muito importante, não é realidade. A realidade é que somos alma.

Se preocupar com quem somos, isso é inteligência e maturidade. Então, falaremos com Deus, para encontrar o real, importante e substancial. Precisamos de algo eterno, porque não nos satisfaz as coisas temporárias. Krishna diz que aqueles que são inteligentes alcançam a perfeição .

Os Vedas falam para fortalecer nossa inteligência e compreensão. Os olhos não podem ver sem luz, os Vedas são a luz que nos permite ver. Há imortalidade, néctar, a nossa inteligência sabe que existe um outro mundo. Os Vedas nos trazem provas desta realidade, os Vedas surgem da boca de sri guru.

Devemos buscar aquele que pode transmitir o conhecimento divino, sri guru, para nos tirar deste mundo material, para ir para o mundo onde não há morte.Essa é a essência da prática de yoga. O amor é algo concreto Ele se manifesta em atos, em atos de amor. Funciona em todos os níveis. A falta de amor nos adoece e o amor nos cura. O amor é prático.

Se fizermos o nosso trabalho com amor, seremos muito bem sucedido, e teremos o prazer de colher os frutos do nosso trabalho.Os sábios fazem você gostar de sabedoria, tolos te fazem gostar de loucuras, besteiras. Companhia é tão importante. Guru significa que conhece os corações, quem sabe a ciência do coração. Todo processo de yoga apontas para o amor, é o objetivo final. Em certo nível de consciência só se busca sobreviver e não morrer de fome. Quando isso se soluciona queremos desfrutar.

Em seguida, procurar o conhecimento.Devemos levar a sério testar a verdade, por isso nos afastaremos do que nos engana e nos faz sofrer. Aqui estamos sempre morrendo.Há muitas ciência, mas a ciência do yoga é a ciência suprema porque você vai conhecer a si mesmo. A primeira coisa que vai entender é que somos imortais.

Amor deste mundo não é o amor final.Todas as nossas capacidades de amar neste momento são sementes que com plenitude no yoga. A principal característica da alma é o amor. Somente através do amor que podemos encontrar alguém consciente, e a própria consciência.

Através do amor conhecemos o mundo do amor. Enquanto mais ama, mais se eleva. A falta de amor nos leva para baixo. O amor revela tudo, é uma luz superior. Precisamos despertar a nossa capacidade de amar através do processo bhakti yoga.

Consciência de Krishna em três palavras: viver, amar, rezar.

13041399_589875691162341_6660857584019675378_o

Srila BV Atulananda Acharya Swami durante conferência no Centro Cultural da Índia em São Paulo

Transcrito por Guru Vandana das
Revisado por Gourangi dasi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top