Você está aqui: Capa > Academia Vaisnava > Curso da Academia Vaisnava // Madhurya Kadambini
Curso da Academia Vaisnava // Madhurya Kadambini

Curso da Academia Vaisnava // Madhurya Kadambini

Às terças as 19h

Com entrada livre

            Essa jóia literária analisa a ciência completa de Bhakti, a devoção. Comparando Bhakti com a árvore dos desejos, desde o brotar das primeiras folhas à superfície das florese finalmente as frutas de Prema (Amor Puro).  Compreenda melhor o que é Bhakti, sua natureza, características e o processo de 8 estágios graduais, explicados um a um com todo detalhe por Sripad Cakravarti Thakur.

madhuryakadambini

Você pode escutar as aulas que já passaram nos links abaixo:

Aula 1 

Aula 2

INTRODUÇÃO DO LIVRO: 
Nesta obscura Era de Kali, o Senhor Supremo Sri Krishna Caitanya Mahaprabhu desceu como o avatara dou- rado do amor divino, misericordiosamente inundando o mundo com incrível doce néctar. Em meio aos vaisnavas muito queridos por Ele, encontramos o supremamente adorável Srila Cakravarti Thakura, essa coroa de jóias dos Rasika Acary- as, um um devoto experiente saboreando a ciência da melosidade. Para o presente trabalho ele nos ofereceu algumas maravilhosas gotas dessa misericórdia circulando desde os pés de lótus de Sriman Mahaprabhu.
Um grande banco de nuvens é chamado de Kadambini, mas este banco de nuvens está repleto do delicioso Madhurya, ou melosidade, que estingue facilmente o fogo abrasador da existência material com misericordiosas chuvas de néctar. Dessa maneira, chamando a seu livro Madhurya Kadambini, Srila Cakravartipada o dividiu em oito chuvas de néctar, analisando a ciência completa de Bhakti. Enquanto submergimos em pinceladas ao Sadhana Bhakti Madhurya, Krsna Nama Madhurya, Bhava Prema Madhurya e Sri Krsna Madhurya. Comparando Bhakti com a árvore dos desejos, ele segue o desenvolvimento desde o brotar das primeiras folhas à superfície das flores de Bhava e finalmente as frutas de Prema. Ele nos provê de um amplo suporte escritural especialmente do Srimad Bhagavatam, declarando-o impera- dor de todas as evidências.
Com a primeira chuva de néctar, ele descreve as imotivações (ahaituki) e a supremamente independente natureza (parama-svatantra) de Bhakti puro, estabelecendo a superexcelência acima de outros caminhos como Karma, Jnana e Ashtanga Yoga. Ele dedica então as seguintes sete chuvas a uma elaborada explicação das plataformas de de- senvolvimento de Bhakti, desde Sraddha até Prema, de acordo com o glorificado verso de Srila Rupa Goswami em seu livro Bhakti-Rasamrta-Sindhu.
adau sraddhatatah sadhu-sango`tha bhajana-kriya

tato`nartha-nivrittih syat tato nistharucistatah

athasaktis tato bhavastatah prema byudancatid

sadhaka namayam premnah pradur bhave bhavet kramah

“O progresso do desenvolvimento de Bhakti no Sadhaka (devoto), ou à aparição de Prema (amor puro), se estabelece começando pela fé (sraddha), sendo seguido pela associação com devotos (sadhu-sanga), executando práticas devocionais (bhajana-kriya), cortando os hábitos indesejáveis (anartha-nivrtti), estabelecendo-se (nistha), saboreando (ruci), desenvolvendo apego (asakti), seguido de bhava (plataforma prévia ao amor por Deus) e finalmente prema (o amor puro por deus)”

Bhakti-Rasamrta-Sindhu 1.4. 15-16

Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada sempre se referia à consciência de Krishna como a ciência de Deus. Nesse livro, Madhurya Kadambini, Srila Visvanatha Cakravarti Thakura nos oferece a explicação científica do progresso de Bhakti, desde as etapas iniciais através da luta com os anarthas (contaminações) e outros obstácu- los. Apresenta muitas e valiosas instruções que mostram claramente o caminho aos novatos, que avançam seriamente na vida espiritual.
A terceira chuva de néctar propicia, particularmente, uma extensa discussão sobre anartha (contaminações) e aparadha (ofensas), os quais entorpecem nosso progresso no trabalho devocional. Ao descrever a aparição e remoção dos anarthas, ele nos dá uma explicação cristalina e detalhada de vários nama-aparadhas (ofensas ao Santo Nome) e formas de corrigí-las. Deve-se dar especial atenção à discussão sobre vaisnava-aparadha (ofensa aos devotos).
Além disso, neste capítulo, Srila Cakravartipada responde as perguntas que ocorrem geração após geração en- tre os aspirantes a devotos, como: Aqueles que são negligentes ou descuidados em completar alguns dos angas (partes que compõe Bhakti), que são gotas de Bhakti, produzem nama-aparadha? Cometer ofensas contra um vaisnava só se refere aos devotos avançados? Quem fez cair Jaya e Vijaya de Vaikuntha? Se por uma vez que se cante o santo nome se destroem os pecados, então por que não acontece comigo o mesmo que com Ajamila e para me tornar livre de todos os pecados pelo poder do Santo Nome? Por que não sou atraído pelo serviço devocional? Se estou evitando todas as ofensas, por que não sinto qualquer sintoma de êxtase? Se Maharaja Yudhisthira e os Pandavas estavam refugiados nos pés de lótus do Senhor e estavam livres do karma, então por que tiveram que sofrer tantas tribulações? Estas e muitas outras perguntas são muito bem tratadas aqui.
Ao seguir a leitura de Madhurya Kadambini, começamos a sentir que este livro é um espelho. A pessoa olha e reconhece sua posição entre todos os que lutam. As posteriores chuvas, ao mesmo tempo em que dão instruções pertinentes aos devotos avançados na mais alta etapa de bhajana (canto do Santo Nome) e da ciência do rasa (doçura, melosidade), também animam aos devotos neófitos. Esta é especialmente uma verdade da oitava chuva de néctar, em que ocorre uma assombrosa explicação de como o Senhor Se revela diretamente ao devoto em prema (etapa do amor puro).
Depois descreve a natureza extraordinária de prema e como é o seu poder de atrair Krishna. Srila Cakravar- tipada explica como o Senhor revela Sua doçura e beleza aos ansiosos pupilas do devoto. Todos os seus sentidos se voltam como olhos ao saborear a beleza do Senhor e o devoto começa a mergulhar em êxtase. Dessa maneira o autor nos mergulha cada vez mais no oceano da bem-aventurança, o que faz com que este livro possa ser saboreado tanto pelos bhaktas novos quanto pelos devotos avançados.
Certamente não detenho qualquer qualificação ou conhecimento para apresentar este livro. Sinto-me impo- tenteparasaborearestesdocesensinamentosdeSrilaVisvanathaCakravartiThakura,aquemsimplesmentemeprostro e ofereço minhas humildes reverências. Sua divina fragrância penetrou por meu nariz e então escrevi. Incapaz de aceitar estes ensinamentos, eu os distribuo. Se vocês os saborearem e desfrutarem, peço que por favor venham compartilhar suas realizações com esta desafortunada pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top